Informativo

Em Assembleia Geral, servidores do IFRN decidem pela não adesão a greve da educação

img

Compartilhe

Data: 25/09/2019 | Autor: Luane Fernandes | Foto:

Nesta última quarta-feira (25), servidores do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) Campus Mossoró deliberaram em Assembleia Geral Extraordinária pela não adesão a Greve Nacional da Educação de 48 horas, prevista para os dias 2 e 3 de outubro.

A votação contou com 8 votos favoráveis, 15 votos contrários e 10 abstenções. Os servidores apontaram que apesar de serem favoráveis a luta, estavam preocupados com a data escolhida para a paralisação, que coincide com um cenário local de dois feriados. Um no dia 30 de setembro, em homenagem a abolição dos escravos em Mossoró, 5 anos antes da Lei Áurea e outro no dia 3 de outubro, referente aos Mártires de Cunhaú e Uruaçu. A categoria explicou que os feriados durante a semana poderiam causar um esvaziamento no movimento.

A assembleia  também deliberou como uma alternativa estratégica de mobilização uma roda de conversa para o dia de 2 de outubro com o tema "Democracia na Escola: A importância da participação estudantil nos pleitos institucionais" com o apoio do Grêmio Estudantil Valdemar dos Pássaros.

Dessa forma, a Coordenação Geral do SINASEFE esclarece que reconhece a legitimidade da luta em defesa da educação, apoia amplamente o movimento nacional e continuará dialogando com a base do sindicato para lutar conjuntamente por uma educação pública, de qualidade e autônoma.

Deixe seu Comentário