Informativo

Servidor não é parasita: mais de 200 pessoas se reúnem em Seminário de Carreira do SINASEFE

img

Compartilhe

Data: 18/02/2020 | Autor: Da redação | Foto:

“Mobilize-se: Quem sabe faz a hora, não espera acontecer!” foi o tema do 2º Seminário de Carreira do SINASEFE, entre os dias 07 e 09 de fevereiro.  Realizado no campus Tijuca II, do Colégio Pedro II, Rio de Janeiro-RJ, o evento contou com mais de 200 sindicalizados de seções de todos as regiões do país.

Foram 12 mesas de debates durante os três dias de evento. Alguns dos temas debatidos foram: análise das conjunturas nacional e internacional, a organização de luta dos trabalhadores em relação às carreiras de docentes e técnico-administrativos da Rede Federal e da educação básica, profissional e técnica, o programa Future-se, a autonomia administrativa, científica e financeira dos IFEs, previdência, dentre outros.

Michel Torres, coordenador adjunto de comunicação do SINASEFE, destacou a importância deste encontro em um momento que o governo federal desmonta os serviços públicos brasileiros. “Nesses três dias, discutimos as especificidades do momento em que estamos vivenciando no país, assim como o conjunto de ataques ao funcionalismo público. Além disso, apontamos perspectivas para a defesa dos direitos, que estão sob ameaça deste novo governo”, colocou.

O primeiro dia contou com o tema “Relações de trabalho: passado, presente e futuro”, e um dos debatedores foi Gaudêncio Frigotto (UERJ), que agradeceu o convite ao SINASEFE e a confiança por estar num espaço de construção política, ideológica e de trabalho junto aos trabalhadores da rede pública de ensino.

O professor ainda destacou que os institutos federais nascem de uma engenharia política. “Os institutos representam o que existe de melhor na política pública de educação na história do Brasil no ensino médio, mesmo com todos os problemas que enfrentam”, disse. Ainda de acordo com ele, o formato dos institutos é o que temos de maior também na política de interiorização de ensino. “Está no Acre, está no Rio, está no interior do nordeste”.

Para concluir, Gaudêncio relembrou fatos históricos de luta dos trabalhadores brasileiros e do mundo. De acordo com ele, foi por meio de muita luta, greve, reivindicações e organização política que os trabalhadores conquistaram a diminuição da carga horária de trabalho, do aumento salarial: “Temos a necessidade de vencer os desafios e as nossas diferenças políticas para alcançarmos o avanço social e político nos tempos atuais. Nossa luta é pelo direito à vida”, finalizou.

Já na manhã de sábado (08/02), outra fala que mereceu destaque foi a do ex-reitor da UFRJ, Roberto Leher, que fez uma reflexão sobre o programa Future-se. “Este projeto vem sendo encaminhado pelo Ministério da Educação, que tem o objetivo de refuncionalizar as nossas universidades e os institutos federais. Deixariam, portanto, de ser espaços autônomos e com compromisso ético e profissão do conhecimento, com o compromisso social e político, para se tornarem organizações do capitalismo independente”, contou. Neste mesmo dia, outras seis mesas de debates foram realizadas, duas delas foram simultâneas, uma sobre a “Liberdade de Cátedra” e outra sobre “Enquadramento no PPCTAE” (racionalização, dimensionamento, capacitação, ascensão funcional e avaliação de desempenho). A cada final de debate, os participantes puderam colocar suas dúvidas, questionamentos e sugestões.

No domingo (09/02), último dia do seminário, o debate foi sobre a “Previdência”: taxas de juros, fundo de pensão, mercado financeiro, investimentos, aposentadoria rural, aposentadoria por idade (mulheres e homens), distribuição de renda, empobrecimento, dentre diversas outras questões referentes a essa temática.

Mais informações

Logo após, foi realizada a plenária final, os encaminhamentos, as notas e as moções que foram debatidos e aprovados serão divulgados em breve aqui em nosso site.

Para ver todo o conteúdo de cada mesa realizada durante os três dias de seminário, entre na nossa página do Facebook e veja as transmissões que foram feitas durante o encontro. O conteúdo de vídeo editado, com o nome das mesas e o nome de cada participante será divulgado em breve em nosso canal de vídeos.

Deixe seu Comentário