Informativo

Carta do Fonasefe às Centrais Sindicais

img

Compartilhe

Data: 13/01/2020 | Autor: Da redação | Foto:

O Fonasefe produziu uma Carta às Centrais Sindicais com o objetivo de intensificar a mobilização para o dia 18 de março com a organização de uma Greve Geral da Classe Trabalhadora.

Confira abaixo o conteúdo da carta em sua integralidade:

É preciso construir uma greve geral para enfrentar a ofensiva do governo Bolsonaro e do Congresso Nacional contra os direitos dos trabalhadores e trabalhadoras

O Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe) chama o conjunto das centrais sindicais, das entidades sindicais e dos movimentos sociais a organizar a luta contra as medidas que o governo Bolsonaro, com a ajuda da maioria do Congresso Nacional, está encaminhando como parte de seu plano de ajuste fiscal. Medidas como o Plano Mais Brasil de Paulo Guedes, a Reforma Administrativa, as privatizações, entre outras significam um profundo retrocesso nos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras e um processo de precarização e desmonte dos serviços públicos, com efeitos nefastos para a população que tanto precisa desses serviços.

Para impedir que o governo consiga levar esse pacote de maldades contra os serviços públicos e o conjunto dos trabalhadores é preciso organizar um forte e unitário processo de mobilização, com um calendário de atividades e lutas que culmine na construção de uma nova greve geral. Várias categorias e entidades já estão se organizando nesse sentido e confluindo para um processo de mobilização que deve culminar no dia 18 de março com a participação de vários setores. O Fonasefe também já está discutindo todo um calendário de ações e disposto a construir uma importante Mobilização Nacional no dia 18 de março.

Nos dirigimos fraternalmente ao conjunto das centrais sindicais, que gozam de grande capilaridade social e poder de mobilização, que discutam o mais brevemente possível sobre a necessidade de construir uma nova greve geral. Cremos que o dia 18 de março, para onde já estão confluindo vários processos de mobilização de categorias e entidades, seria uma oportunidade de organizar uma nova greve geral. Somente um forte processo de mobilização pode impedir que o governo Bolsonaro e seus aliados no Congresso Nacional imponham novos retrocessos ao conjunto dos trabalhadores e trabalhadoras, como já fizeram com a Reforma da Previdência.

Downloads

  • Baixe aqui a Carta do Fonasefe às Centrais Sindicais (PDF).
  • Baixe aqui o relatório da Reunião do Fonasefe de 07/01/2020 (PDF).
INFORMAÇÕES DA DIREÇÃO NACIONAL DO SINASEFE

Deixe seu Comentário